segunda-feira, 21 de junho de 2010

VAI ALTA NO CÉU A LUA DA PRIMAVERA, de Alberto Caeiro







Vai alta no céu a lua da Primavera.
Penso em ti e dentro de mim estou completo.

Corre pelos vagos campos até mim uma brisa ligeira.
Penso em ti, murmuro o teu nome: e não sou eu: sou feliz.

Amanhã virás, andarás comigo a colher flores pelo campo.
E eu andarei contigo pelos campos a ver-te colher flores.
Eu já te vejo amanhã a colher flores comigo pelos campos.
Pois quando vieres amanhã e andares comigo no campo a colher flores,
Isso será uma alegria e uma verdade para mim.


(Ilustração: Monet – The Stroll)


Nenhum comentário:

Postar um comentário