sexta-feira, 20 de junho de 2014

PAISAGEM MINEIRA, de Homero Faria








Palha dos tempos


e pó


de antigas glórias.


Quintal batido


de sonhos


e janelas de bater


debruçadas de lembranças.


Armários vestidos


de passados bailes...


sapatos empoeirados


de rodadas valsas


e relógio de pêndulo


parado no tempo,


desconfiado,


no canto da sala.


À tarde,


pião e gude


rolam Minas


montanha’baixo,


num ar


claro, leve,


povoado


de Ave-marias...




(Ilustração: Paul Klee - landscape and the yellow church tower)



Nenhum comentário:

Postar um comentário