quarta-feira, 16 de março de 2011

QUER'EU EN MANEYRA DE PROENÇAL, de Don Diniz





Quer'eu en maneyra de proençal
fazer agora hun cantar d'amor
e querrey muyt'i loar mha senhor,
a que prez nem fremusura non fal,
nen bondade, e mays uos direy en:
tanto a fez, Deus comprida de bem
que mays que todas las do mundo ual.


Ca mha senhor quiso Deus fazer tal
quanto a fez, que a fez sabedor
de todo bê e de mui grã ualor
e cõ tod'est [o] é mui comunal,
aly hu deue; er deu-lhi bõ sem
e des y nõ lhi fez pouco bem,
quando nõ quis que l'outra foss'igual.


Ca en mha senhor n'ca Deus pos mal,
mays pos hi prez e beldad' e loor
e falar mui bê e riir melhor
que outra molher; des y é leal
muyt', e por esto nõ sey oi' eu quê
possa compridamête no seu bê
falar, ca nõ á tra lo seu bem, al.




(CBN 485)


(Ilustração: Barahona Possolo)





Nenhum comentário:

Postar um comentário