terça-feira, 28 de julho de 2015

LUST / LUXÚRIA, de Harold Pinter








There is a dark sound

Which grows on the hill

You turn from the light

Which lights the black wall.



Black shadows are running

Across the pink hill

They grin as they sweat

They beat the black bell.



You suck the wet light

Flooding the cell

And smell the lust of the lusty

Flicking its tail.



For the lust of the lusty

Throws a dark sound on the wall

And the lust of the lusty

- its sweet black will -

Is caressing you still.




Tradução de Rogel Samuel:



Há um som escuro

Crescendo na colina

Você na volta da luz

Como luzes na parede negra.



Sombras de preto estão correndo

Pela colina rosa

Elas sorriem como suam elas

E batem no sino negro.



Você chupa a molhada luz

Inundando a cela

E cheira a luxúria da força

Sacudindo seu rabo.



Pela luxúria do forte

Se lança um som escuro na parede

E a luxúria do forte

- seu doce desejo negro -

A está acariciando ainda.





(Ilustração: Zdzisaw Beksiski)








Nenhum comentário:

Postar um comentário